12 de agosto de 2010

SEXUALIDADE



Sexualidade na  Adolescência
        A adolescência é uma fase onde ocorrem muitas transformações físicas e emocionais importantes, preparando o adolescente para assumir um novo papel familiar e na sociedade.
        A Criança  amadurece e fica apta a usufruir sua sexualidade, firmando sua identidade sexual e buscando um parceiro (a) já com a possibilidade de gerar filhos.

     







 CARACTERÍSTICAS GERAIS

        Na adolescência é  a fase que  aparece o  prazer erótico-genital e  o início  da função reprodutiva.  Muitas preocupações com as mudanças do corpo são vistas nos adolescentes (pêlos, acne, mamas, estatura, aspecto dos genitais, etc.). Milhares de mudanças hormonais marcam o  início da puberdade e da capacidade reprodutiva -  menstruação, ejaculação, interesse consciente pelo sexo, masturbação, relação sexual,  virgindade, métodos anticoncepcionais, DTS, HIV.
Na adolescência surge também o aprendizado das relações afetivas interpessoais   (ficar, namorar, transar, separar); sendo muitas as expectativas, fantasias e ansiedades sobre a iniciação sexual. Ocorre também o desenvolvimento da orientação afetivo-sexual (homo/hetero/bissexualidade
).
       



Mudanças Ocorridas no Corpo dos Adolescentes


        A fase das mudanças no corpo dos adolescentes se chama puberbade que é o período de transição do desenvolvimento humano, que corresponde á passagem da infância para o início da fase adulta, ou seja, a adolescência.
        Ocorrem transformações biológicas de âmbito comportamental e corpóreo, conferindo pelo surgimento das características sexuais.
        Nos meninos, as mudanças  começam  entre os 12 aos  14 anos, nas meninas entre os 10 aos 13 anos, que é quando ocorre a primeira menstruação (menarca), mas a idade pode variar de menina para menina. 
        Tais mudanças são coordenadas a partir da ação endócrina com a atuação dos hormônios hipotalâmicos, desencadeando a síntese de hormônios hipofisários, que irão atuar mas glândulas sexuais a produzirem testoterona nos testículos e estrógeno nos ovários.
   
Principais Características das Mudanças Corpóreas nos Adolescentes


Meninos:


.aumento de peso e altura,

.início da produção de espermatozóides e a primeira ejaculação, 

.crescimento do pêlos faciais (barba),

.aumento do volume dos testículos e crescimento do pênis,

.desenvolvimento da massa muscular,

.tonalidade da voz,

.ombros mais largos.




Meninas:



. desenvolvimento das mamas,

.surgimento de pêlos nas regiões axilares (axila) e inguinais (pubianos),

.primeira menstruação (menarca),

.expansão óssea da cintura pélvica (bacia),

.depósito de gordura nas nádegas quadris e nas coxas.
Retirado do Site:www.brasilescola.com/sexualidadeepuberdade. Acesso em 15 de agosto de 2010

Início da Vida Afetiva e Sexual


        Os adolescentes estão cada vez mais cedo se iniciando na vida sexual, a primeira manifestação sexual é a masturbação onde o adolescente (garoto ou garota) conhece seu corpo imaginando relação sexuais ou visualizando fotos, filmes  na internet etc... Mesmo depois do adolescente perder sua virgindade, a prática continua e se estende por toda vida.


        De acordo com Taquette, 2002  existem etapas do desenvolvimento sexual do  adolescente dividida pela idade e apresentam as seguintes características:


        Adolescência precoce (10 aos 14anos)


       Esta é a fase de grandes transformações biológicas. O comportamento sexual vai depender das mudanças físicas.
        Os adolescentes ficam se comparando uns com os outros. Há uma grande variabilidade no desenvolvimento pubertário; os adolescentes que ainda não se desenvolveram nesta fase se sentem inferiores aos outros adolescentes que já têm um corpo formado.
Muitos adolescentes nesta fase, já sentem vergonha de trocarem de roupas na frente dos pais e irmãos, eles apresentam vergonha do próprio corpo .
        Eles apresentam muitas dificuldades em conversa com adultos principalmente com os pais  sobre sexo.
        Nesta fase se inicia também a prática da masturbação que é a conduda sexual mais frequente já com pensamento erótico.


        Adolescência média (15-16 anos )


        O relacionamento amoroso (namorar ou ''ficar'' com alguém) geralmente  tem início nesta fase.
       Já não existe tanta vergonha do próprio corpo. Há uma aceitação maior das transformações físicas, resultando num corpo adulto já com a capacidade de reprodução.
      Nesta fase a maioria das meninas tendem a usar roupas mais curtas que expõem seu corpo sedutoramente. As carícias no namoro são progressivas até culminar com a relação sexual genital (perca da virgindade) que geralmente acontece nesta fase.


        Adolescência tardia (17 a 20 anos)


       Geralmente nesta fase a identidade sexual já está definida, a maior estabilidade afetiva favorece a busca de uma pessoa única, o namoro apaixonado é mais frequente nesta fase. A medida em que há maior maturidade piscológica e social, o jovem evolui para a indepedência econômica da família e para um relacionamento afetivo mais duradouro.

Retirado do Texto sexualidade na adolescência de Taquete 2002 que foi  retirado do site google acadêmico. Acesso em: 16 de agosto de 2010.



Orientação Sexual:


















Na Adolescência é que o jovem vai desenvolver sua orientação sexual (hétero, homo, ou bissexualidade).

        Segundo Freud "somente após a puberdade que o comportamento sexual seja ele hétero, homo ou bissexual atinge uma forma definitiva''.  Até os 17 anos,  os adolescentes ainda estão firmando sua orientação sexual não têm ainda uma sexualidade definida, então se o adolescente tem relação sexual com uma pessoa do mesmo sexo, não significa que ele seja homossexual. Na verdade a sexualidade é definida pelo desejo sexual e não pela prática em si (Aberastury et al, 1988). Segundo a teoria psicanalítica, na infância existe uma bissexualidade que vai sendo substituída pela identidade sexual masculina ou feminina na medida que vai ocorrendo as transformações biológicas no corpo.

        De acordo com  Rosely Sayão Pisicóloga: chamamos de orientação sexual a maneira como o tesão da pessoa se manifesta. A orientação sexual desenvolvida na maioria dos adolescentes é a héterossexual (desejo sexual pelo sexo oposto). Existem pessoas que acham que o natural é a pessoa sentir atração  sexual pelo sexo oposto. Por que isso acontece? Primeiro porque é a orientação sexual desenvolvida na maioria dos adolescentes  é a héterossexual, (mas não é só porque a maioria é hétero  que significa que seja natural). O segundo motivo é porque o sexo está associado a reprodução, e só as pessoas com orientação héterossexual podem se reproduzir ou seja a gravidez.  O motivo principal, que as pessoas acham que o natural  é a atração sexual pelo sexo oposto é o preconceito contra o que é diferente da maioria.

        Todos os adolescentes sejam eles heterossexuais,  homossexuais ou bissexuais são completamente normais na sua sexualidade e não existe desvio algum do comportamento natural.


DST, HIV e Camisinha.





As doenças Sexualmente Transmissíveis


Elas podem ser facilitadoras da contaminação pelo HIV.  O não uso de preservativo e o uso de drogas ilícitas são apontados como fatores de risco às doenças sexualmente transmissíveis. Uma entrevista com 356 adolescentes realizada pelo Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, com o objetivo de conhecer os adolescentes do ponto de vista da sexualidade e identificar fatores de risco às doenças sexualmente transmissíveis. Eles fizeram análises de freqüência e testes qui-quadrado dos dados coletados. Observaram associações estatisticamente significativas entre ter uma doença sexualmente transmissível e as variáveis: atraso escolar, uso de álcool, tabaco e drogas, histórico de abuso sexual e a não utilização de preservativo nas relações sexuais.
Antigamente as doenças eram conhecida como doenças venereas.

Há diversos tipos de agentes infecciosos (vírus, fungos, bactérias, e parasitas) estão envolvidos na contaminação por DST, gerando diferentes manifestações, como feridas, verrugas.
As principais doenças são:


  • Sífilis








    • Hepatite 
    •    Algumas DST são de tratamento fácil  e de rápida resolução quando tratadas corretamente. Outras são de tratamento complicado  ou permanecem latentes, apesar de apresentar uma falsa melhora.
        Os adolescentes devem ter consciência de sempre usar preservativo em todas as relações, principalmente as adolescentes mulheres que namoram sério, elas geralmente confiam nos namorados e por pressão pisicológica da partes deles não utilizam a camisinha nas relações pois confiam nos  namorados e isso pode terminar numa gravidez indesejada ou numa DST.
       

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Postar um comentário